terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Desabafo.


Há mais ou menos uma semana eu descobri o quanto escrever faz bem quando estamos com os pensamentos confusos, angustiados ou eufóricos com alguma coisa. Desde então eu escrevo ao menos alguma coisinha por dia, pra desabafar. Textos ou histórias boas ou ruins; que alguém vai ler ou não; confusas ou claras... Eu posto porque assim sinto que me expresso plenamente, guardar as coisas pra gente faz mal. O bom é colocar pra fora!

Então estava pensando e me questionando: o que afinal de contas, há de errado? “Oh! Pensamento cruel e piegas...” Ta, que se dane! É piegas mesmo, e daí? Realmente, todo mundo se depara com esse questionamento as vezes.

Hoje me deparei com ele porque fui da fossa à alegria; da raiva à descontração; etc etc algumas vezes.
Acordei mal, puta da vida, não interessa o porquê. Depois almocei com pessoas agradáveis e fiquei bem, depois ouvi umas gracinhas idiotas e fiquei mal de novo, depois malhei e encontrei pessoas agradáveis novamente, fiquei bem... Então o momento de reflexão e a pergunta: o que há de errado?

Olha, vou te dizer, eu sou assim mesmo. Meio doida, temperamental, volúvel, bipolar, estressada etc. Quem me conhece, bem ou mal, sabe como eu sou. Lógico que uns conhecem mais e por isso se acham no direito de falar mais; outras menos falam menos, ou também falam mais. Varia. Mas não tem jeito. Sou assim mesmo, e apenas gostaria que parassem de cobrar que eu fosse de forma diferente, tanto no agir como no pensar. Caramba, já escrevi umas vezes (e todo mundo tbm fala), ninguém é perfeito, não! E parem de cobrar que seja da maneira que queres que eu seja! Eu não sou, e não vou ser! A Camilinha aqui é assim, original de fábrica, querem vocês ou os astros queiram, quer não! Eu sei o que faço de errado, sei o que precisa ser mudado. Mas não se sintam no direito de ficar se metendo demais, sério...

Há uns bons meses eu não cobro absolutamente nada de ninguém, muito pelo contrario, me cobro cada dia mais e mais, buscando um futuro promissor, querendo agradar e ao mesmo tempo ser feliz e aproveitar a vida (do meu jeito, claro – afinal, cada um tem seu jeito de fazer as coisas). Mas eu vejo que além de me cobrar, outras pessoas me cobram. Ok, compreensível! A maioria delas me cobram para meu próprio bem. Não as culpo, nem as odeio, nem nada. Muito pelo contrario, praticamente todas são importantes pessoas na minha vida, tem relevância e as amo muito por tudo.

Mas, por favor... Poderiam me dar um tempo? Poderiam parar de falar o que eu deveria ou não fazer? Poderiam parar de falar para me cuidar e ter juízo, ser responsável? Vai !@ #$%^&*$, eu não uso drogas, não possuo instintos suicidas ou homicidas. Também não saio por ai ofendendo as pessoas. As vezes acabo por magoar, eu sei, me culpo, sofro e tento superar. Sou humana, peço desculpas, tento concertar meu erro e não comete-lo novamente depois. Existe consciência aqui dentro e caráter, isso posso garantir... Sou normal, absolutamente normal e quero ser aceita assim. Quem não gosta, que me deixe em paz.

Pronto. Ufa.


*Sista, esse desabafo não foi pra você, viu? Te amo.

5 Comentários:

Às 22 de dezembro de 2009 14:38 , Blogger Ricardo Chicuta. disse...

Mas você já deu a resposta Camilinha (intimidadeforçadamodeon),você é uma pessoa normal e deu.Os outros...bom,são só os outros,não são tão importantes assim.Nem esquenta,senão como diz Marcelo Rubens Paiva "A caspa vira mandiopã".

 
Às 22 de dezembro de 2009 22:32 , Anonymous Sis disse...

TU É FODA!
Por isso te amo.

p.s.: gelei total aki aihauihai véi, tu queres me matar do coração.

 
Às 23 de dezembro de 2009 01:25 , Blogger C. Lisdália disse...

Já esfriei, o desabafo foi bom! hehehe

E você, flor... Relexxxx! ;)

 
Às 24 de dezembro de 2009 01:42 , Blogger . disse...

Aeeee!
Super apoio!
Se esta bonito ou feio, se é forte ou fraco, não importa.
Vem de você, é original, é de coração.
E assim que nascem as melhores coisas!

 
Às 24 de dezembro de 2009 06:53 , Blogger Kellen Rodrigues disse...

Obrigada pelos comentários no blog. Vou adicionar o seu nos favoritos. =)

Quanto ao desabafo, concordo com o Ricardo. Vc é normal! Todos somos cobrados e muitas vezes nos esforçamos muito para fazer algo mais do que bem feito e vem alguém e fala "mais ou menos"... é frustrante, mas não podemos desanimar.. quando isso aconstecer, vem aqui e escreve hehehe

beijos
e Feliz ano novo!!!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial